Recent Posts

Sociedade estilosa

        Aprecio personalidades singulares, com ideias diferentes das comuns e das que já todos estamos habituados… A nossa sociedade (jovem) vive na mania do “estilo”. Hoje, todos nós temos de ter um telemóvel, uma playstation, um mp3, um Ipod etc.
        Acho um absurdo não haver gente consciente e capaz de assumir aquilo que na verdade é! Gente que há 1 ano não sabia o que era o “teclar” (como se diz), hoje já anda de telemóvel na mão porque, simplesmente dá estilo! Gente que para obter material escolar e para se alimentar tem o 1º escalão, mas que para se vestir nem escalão tem! Hoje, nós jovens somos todos conhecidos assim e é claro que por uns pagam os outros… “Hei, queres curtir?” é talvez a expressão que mais traduz a sociedade de hoje. No nosso dia-a-dia, qualquer um curte com um qualquer… isso mete-me uma impressão danada!!! Já não existem sentimentos? Andam dois corpos a “esfregar-se” um no outro e amanha há mais (ou não!)! É uma alegria, e novamente, por uns pagam os outros! Dizem elas, que são todos iguais! Sim, em um aspecto concordo que sejamos todos iguais e até por vezes há quem coloque algumas dúvidas… 

        Muita culpa tem esse Rendimento Social de Inserção (RSI), os meus pais a trabalhar para me sustentar a mim e à minha família e ainda de uma forma indirecta ter que sustentar esses malandros que andam para ai sem trabalhar e na boa vida! Sim, porque quem recebe o RSI são aqueles que hoje tem um televisor plasma em casa e um telemóvel melhor que o meu… Por isso, hoje posso dizer que aquele televisor e aquele telemóvel também me pertence, pois foi comprado com o dinheiro do estado, ou seja, com o dinheiro de todos nós, e o dinheiro que o estado gasta é, se não estou em erro, para o bem público. 

        Quando será que esta lastimável situação irá ter fim? Por tudo isto e muito mais, hoje vejo-me obrigado a afirmar que não gosto da sociedade em que vivo, e são testemunhas os meus amigos, de que várias vezes tenho dito que preferia ter 15 anos há 15 anos atrás…. Ou também era tudo igual?

7 comentários:

Rodso disse...

Este foi o meu primeiro "post", quero apenas dizer que, tal como todos, não sou perfeito e peço desculpa por algum erro. Sou ainda um simples estudante :)

...RUMO AO HORIZONTE ARTÍSTICO... disse...

boas!
para primeiro post, foste espectacular em escrever este texto. estavas mesmo inspirado. o texto está porreiro. parabens.
ninguem é perfeito, temos o dierito de errar. à primeira vista não tinha erros, mas se tivesse tambem nao importava. está mesmo fixe o texto e o tema é muito interessante e como dizes e muito bem, são coisas que estão a acontecer no nosso dia-a-dia.
mesmo fixe :) :) :)
continua assim
cumprimentos

Sara disse...

Petinência no ângulo de abordagem, boa capacidade de ataque, fluência de assertividade e acima de tudo, óptimos valores que estão por detrás destas palavras!!! É o meu irmão, com toda a certeza!!!
Beijinhooo grande querido*tenho saudades tuas**

Sara

Rodso disse...

Um agradecimento especial ao Clife :) designer do blogue! Gostei bastante*

mfm disse...

Bem vindo à blogosfera.
Força,muitas vezes não estamos de acordo,mas liberdade é também podermos expressar o que pensamos, todos diferentes todos iguais.
mfm

Ana disse...

Gostei muito :D
Tu vais é parar de andar aos pontapés na minha cadeira, sim?

Ahahah* :D

MoonLight disse...

Gostei muito, curto e directo :P

É incrível pensar no q nós nos chateávamos para ter um telemóvel ou um computador e como hoje, a infância é dominada pela tecnologia... A minha irmã tem 3 anos e já sabe o básico de um computador xD
As questões são cada vez mais banais, as coisas acontecem e simplesmente ninguém se importa :/
Quanto à questão de viver há 15 anos atrás, se calhar não havia a "mania do estilo", mas haveriam coisas para criticar na mesma xD

Enviar um comentário